quinta-feira, 31 de julho de 2008


mas não pensa em mim

nas teias, no pó

em que sabes que vou ficar só

.

(eu nunca quis solidão)

1 comentário:

C. Rodrigo disse...

nem eu. Aliás, quem quer solidão que atire a primeira pedra. Solidão, apesar de tudo, nos ensina coisas que a felicidade e presença de alguém é incapaz de fazer.