terça-feira, 7 de outubro de 2008

 

Serei tua amante e jovem menina que em bicicleta te leva, no sonho que de nós fugira, pra um mar mais salgado de peixes e de conchinhas — um mar escondido do sol, que não é aqui, mas em mim e em ti.

Sem comentários: