quarta-feira, 26 de novembro de 2008

se eu te abraçar pelo tempo que for
pra deixar claro que aqui eu estou
pro tempo que este abraço deva durar
até deste fato eu te assegurar

e se eu te pedir para ninguém saber
se o que nós temos ninguém vê
que fiquemos sem contar e a guardar
e aguardar até tudo passar

porque cedo ou tarde se vai
romper e quebrar e então nos veremos sós
e peço só que nada digas mais
porque cedo ou tarde se for
de assombro frio em escombros do que restou
eu quero só guardar segredo então

Sem comentários: