sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

SE SIM (QUE SIM)

e ela disse: virias se eu viesse
e se fosse como fosse?

queria te ver fora de portas
vestindo o sorriso que eu te trouxe

e eu disse:
se gostares de
dançar sob o céu
falar alto
lembrar passados
dobrar papel
compartilhar modas e sonhos
contar estrelas
deuses e porcos
roupas antigas
comer de madrugada
são coisas que eu
queria que sim

se gostares de
sonhar o impossível
ou tentar galgar ao sol
ou cruzar o mar
percorrer os teus dias maus
só pra terminar
com alguém pra lembrar
ou algo pra esquecer
longas viagens
olhos escuros
e desajustes irreparáveis
se sim
eu vejo-te lá

Sem comentários: