domingo, 27 de novembro de 2011

Ele arrepende-se de ter sido impaciente. Se eles tivessem ficado juntos mais tempo, talvez tivessem começado a compreender pouco a pouco as palavras que eles pronunciavam. Os seus vocabulários ter-se-iam pudicamente e lentamente aproximado como amantes bem tímidos, e a música de ambos teria começado a se fundir na música do outro. Mas agora é demasiado tarde.


Sem comentários: