sábado, 28 de janeiro de 2012

Pôs um pouco de batom
E um leve toque de pintura;
Tirou do cabelo o travessão
E devolveu ao rosto a candura.

Saiu para a rua insegura,
Vagueou sem direção.
Sorriu a um homem com tremura
E sentiu escorrer do coração
A humidade quente da loucura...

1 comentário: