sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

VIDA VAI (ESVAECER)

Dizes nada bem já estar.
E eu, que te senti sem razão,
Tudo começava a mudar.
E perdi-me na chuva só, então.

E a vida a esvaecer.
Toda a vida vai
Esvaecer.

Dizes fado já nos vir,
Como eu acreditei que não.
E tudo começa a cair.
Perde-se no deserto só, então.

E a vida a esvaecer.
Toda a vida vai
Esvaecer.

Nuvens negras vão e vêm
Entristecer corações
E desertamos. Porém,
Sós, perdidos, sem razões.

E a vida a esvaecer.
Toda a vida vai
Esvaecer.

Sem comentários: