terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

A quem acusar?
A ninguém, e a todos.
Os tempos incompletos em que vivemos.

Sem comentários: