domingo, 14 de abril de 2013

TUDO POR FAZER

Construí muralhas privadas de luz,
Sonhos de jardins, de flores, de sombra e de pó.
Eu lá fiz alguns mundos, alguns lugares,
Lá depus o meu coração, todo o meu saber:
Ajuntei todos os meus esforços, o horizonte e a terra,
E tudo ainda resta por fazer.

Sem comentários: