domingo, 5 de maio de 2013


Agora eu sinto tudo em mim: de ódio a amor, de amor a luxúria, de luxúria a verdade.

Sem comentários: